Hiperplasia benigna da próstata, causas e complicações

Veio até aqui a procura de informações sobre HPB, ou hiperplasia prostática benigna, ou ainda, Hiperplasia benigna da próstata? Então, saiba que isso tudo significa a mesma coisa e que vamos mostrar aqui suas causas e complicações!

A hiperplasia benigna da próstata, na verdade, é um problema urinário muito comum, que afeta os homens, geralmente, com mais de 50 anos.

Apesar desse nome comprido, na verdade, a hiperplasia benigna da próstata se trata de um tumor não-canceroso (benigno), que causa dificuldade ao urinar,. Piorando muito a qualidade de vida do paciente.

A boa notícia é que existem tratamentos eficientes para tratar este problema urinário, até mesmo não-cirúrgicos, e o evoprost funciona muito bem para tratar esse problema e além de prevenir algumas doenças relacionado a próstata.

O que precisa ficar claro é que, ao contrário do que muitos homens pensam, quem sofre de HPB não tem predisposição a desenvolver câncer de próstata, embora seja possível ter HPB e câncer de próstata ao mesmo tempo.

Causas da hiperplasia benigna da próstata

Embora ainda não seja possível afirmar a causa exata da HPB, pesquisas apontam relações com as mudanças hormonais sofridas pelo organismo do homem ao ficar mais velho.

Se por um lado a hiperplasia benigna da próstata é incomum em homens com menos de 40 anos, ela aparece com muita frequência em homens mais velhos, afetando cerca de 70% dos homens acima dos 70 anos.

Por que a HPB causa problemas urinários?

Então, a localização pode ser a resposta, já que a próstata está localizada logo abaixo da bexiga, envolvendo uma parte da uretra, que é o canal que carrega a urina da bexiga, através do pênis, para fora. O seu aumento pode bloquear a passagem da urina pela uretra, ao mesmo tempo que pressiona a bexiga, aumentando a vontade de urinar.

Vale saber que o aumento da próstata acontece de forma lenta e gradual, por isso, muitos homens nem sabem que tem hiperplasia benigna da próstata até aparecerem os primeiros sintomas, quando já cresceu bastante.

Por isso, vale ficar atento sempre que surgi algum sintoma diferente, sendo o primeiro a ser percebido a alteração do fluxo urinário. E isso porque quando a próstata começa a aumentar, ela acaba comprimindo a uretra, estreitando-a e deixando-a mais fina, reduzindo o jato urinário.

Complicações da hiperplasia benigna da próstata

Uma das complicações mais comuns da hiperplasia benigna da próstata é a infecção urinária, que geralmente acontece por não se conseguir esvaziar completamente a bexiga, aí então as bactérias acabam se proliferando na urina residual.

Assim, caso não seja tratada, a hiperplasia benigna da próstata também pode causar um dano sério ao sistema urinário do homem. A bexiga perde a

capacidade de contração, causando a incontinência urinária. E em casos mais graves, até mesmo os rins podem ser afetados.

Por isso, é fundamental visitar o urologista periodicamente, principalmente, após os 50 anos de idade, evitando essas e outras complicações, através de um diagnóstico precoce.

Não espere os sintomas se agravarem para procurar ajuda médica, ao perceber qualquer sintoma, procure logo um urologista para começar o tratamento adequado, lembrando que, quanto mais cedo o diagnóstico, maiores as chances de cura.

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *