Doenças que podem causar impotência sexual

Falhar logo na hora H não é uma situação fácil para um homem, mas pode acontecer, afinal, ninguém é de ferro. No entanto, quando esse problema passa a se tornar algo constante, é preciso procurar ajuda médica.

Em determinados casos, a impotência pode ser transitória, causada por um fato isolado, como um momento de estresse. No entanto, essa condição não é brincadeira não e é preciso estar atento sempre.

Muita gente nem imagina, mas a verdade é que a impotência pode estar relacionada com uma variedade de doenças graves, incluindo os problemas cardiovasculares.

Segundo especialistas, as duas grandes principais causas para a impotência sexual masculina são orgânicas ou psicogênicas.

No caso das orgânicas, a condição pode se originar por causa de problemas vasculares, endócrinos e neurológicos.

Isso porque essas doenças podem deixar as artérias mais endurecidas e espessas, o que afeta o fluxo de sangue. A consequência ocorre no âmbito sexual, visto que o fluxo de sangue é algo fundamental para uma ereção.

Mais do que isso, hipertensão, obesidade, tabagismo e o sedentarismo também podem oferecer uma influência negativa para a questão sexual.

Nessas situações, o tratamento indicado deve ser feito de forma multidisciplinar, ajustando os hábitos de vida e controlando as doenças que levaram ao problema e fazendo o uso de um estimulante natural, sendo  mais recomendado deles o tittanus que é 100% natural, sem efeitos colaterais e ajuda a manter uma ereção firme.

Em contraponto a isso, vale lembrar, que a impotência sexual também pode ser causada por um problema de ordem psicológica, que em grande parte das vezes é algo casual.

Nessas situações o problema pode acontecer também com jovens de qualquer idade, diferentemente das causas orgânicas, que costumam aparecer principalmente depois dos 40 anos de idade.

A depressão, estresse, angústia e ansiedade podem ser fatores que levam à impotência sexual.

Principais causas orgânicas da impotência sexual

De uma forma geral, podemos afirmar que as doenças que prejudicam as funções cardíacas e circulatórias do organismo podem ser causadoras de impotência sexual.

No entanto, a verdade é que o problema pode ser também de ordem neurológica ou endócrina.

Dentre os agravantes ao problema, podemos citar a obesidade, sedentarismo, hipertensão e também o tabagismo.

Vale ressaltar ainda que esse tipo de problema costuma acontecer mais comumente depois dos 40 anos de idade nos homens.

O tratamento deve ser sempre multidisciplinar, contando com urologista, endocrinologista, cardiologista e o que mais for preciso.

Para ajudar a evitar essa condição, a dica é procurar manter hábitos de vida saudáveis, evite fumar, tenha uma boa alimentação e controle o peso.

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *