4 Passos para conquistar um homem através do olhar

Quer ter a arte da sedução ao seu lado, mas não sabe por onde começar? Deseja chamar a atenção de um rapaz, mas desconhece boas armas? Veja nesse post 4 passos para conquistar um homem através do olhar!

A sedução é um jogo, e nesse aspecto os olhos podem ser armas mortais. Usar dessa parte do corpo é sutil, porém fulminante.

Você mostrar para aquele cara que você está a fim, sem ter necessidade de se expor em excesso. Cursos como o Sedução Secreta e outros sempre enfatizam que o contato visual é capaz de provocar emoções e sensações intensas, por isso, você precisa aprender a usar esse fator a seu favor. Continue a ler e veja os passos para conquistar um homem através do olhar.

  1. Busque os olhos dele

Para que o primeiro contato visual aconteça, você deve buscar o cruzamento entre os olhares. Procure capturá-lo através da vontade existente em seus olhos. Quando eles se encontrarem, sustente um pouco para que o jogo possa avançar.

  1. Saiba a hora de desviar o olhar

Ficar encarando o rapaz, sem ao menos piscar, vai passar impressão de que você é um pouco louca. É preciso saber o momento de desviar para ter o contato visual. Lembre-se que deve demonstrar desejo, atração, sem dar origem a uma situação embaraçosa. Para conquistar um homem através do olhar, mensure o tempo que encara. Olhe por uns 2 segundos de alinhamento direto, depois desvie um pouco, afinal, isso é o suficiente para mostrar suas intenções.

  1. Sustente o olhar

A partir do momento em que percebe que suas ações estão sendo correspondidas, é o instante em que deve sustentar mais seus olhos no dele. Deixe o tempo passar dos 2 segundos e permita que o cruzamento de olhares tenha o apoio de um sorriso sensual. Lembre-se se sempre ser sutil, mas com um toque picante.

  1. Conquistar um homem através do olhar, enquanto conversa

Caso esteja seguindo corretamente os passos até esse momento, a possibilidade de haver um diálogo entre as partes é iminente. Algum laço de interesse, com certeza já foi firmado. Quando a conversa começar a acontecer, seja natural, mas sem esquecer de ser encantadora. Para aumentar sua taxa de sucesso, preste atenção aos seguintes pontos:

  • Enquanto ele fala, procure olhar outras partes do rosto dele, e não apenas os olhos. Essa é uma boa tática para não parecer uma provocação forçada;
  • Quando for sua vez de falar, olhe para ele nos olhos, mas desvie de vez em quando;
  • A chave do sucesso é apostar em contatos visuais curtos e rápidos.

Você também pode ter mais informações pelo vídeo abaixo:

Conquistar um homem através do olhar é possível e real, desde que saiba levar o jogo de uma maneira naturalmente sensual. Saiba que também é interessante ter conhecimento de como falar e passar informações por meio de toda linguagem corporal. O poder de conquista está em suas mãos, não deixe de usar.

Dicas Para Tratar Artrite

O reumatismo é um conjunto de enfermidades das quais a artrite faz parte. Tudo que atinge as juntas é chamado de artrite.

A artrite é uma doença comumente associada ao envelhecimento. No entanto, embora seu índice seja mais elevado na faixa etária entre 60 e 70 anos, pode acometer adultos, jovens e até mesmo crianças.

Atletas podem ter artrite e artrose e crianças podem desenvolver a doença após uma infecção na garganta.

As crianças que apresentam algum tipo de artrite apresentam a doença após os 3 anos de idade.

Existe poucas informações sobre as causas desta doença, mas atualmente as pesquisas estão sendo realizadas pela biologia molecular, que tem feito vários avanços significativos nos resultados dos tratamentos.

As pesquisas estão voltadas para a prevenção e retardo da evolução da doença para que possam ser evitadas as indesejáveis sequelas.

A artrite provoca (dependendo do estágio) muita dor, sofrimento e até mesmo deformações.

Pacientes que sofrem de artrite confirmam que a dor pode apresentar uma piora acentuada quando ocorre uma mudança no clima, principalmente quando chove.

O paciente que sofre de artrite deseja fica curado e não sofrer mais com as crises. O tratamento oferecido tira o paciente da crise e devolve a vida “normal” devido a remissão da doença, mas ainda não oferece a cura.

Infelizmente a artrite não tem cura, pois trata-se de uma doença crônica que leva ao desgaste das articulações que não pode ser revertidos, mas hoje existe alguns suplementos para prevenir esse tipo de problema, um desses suplementos é o flex caps, ele é 100% natural e recomendado pelos médicos.

O diversos tratamentos que são oferecidos aos indivíduos são para aliviar as dores e evitar que a doença comprometa os movimentos para realizar as funções básicas.

Adaptar-se a uma doença crônica e conviver com ela diariamente é bastante difícil. Requer muito empenho e esforço.

Após o diagnóstico, que deve ser feito por um médico especialista (reumatologista) o paciente deve buscar orientação para o seu caso.

De maneira geral para ter alívio das dores e recuperar os movimentos é aconselhável:

  • Manter uma alimentação saudável. Evitar alimentos industrializados.
  • Consumir bastante água.
  • Evitar consumir (em exagero) alimentos que tenham muita proteína.
  • Medicamentos imunossupressores e anti-inflamatórios.
  • A fisioterapia pode ajudar bastante a devolver os movimentos.
  • Exercícios físicos de alongamento, natação, hidroginástica, pilates também são indicados pois ajudam a fortalecer os músculos e combater as inflamações. Os exercícios físicos devem ser feitos, em média, três vezes na semana e com a orientação de um profissional da área.
  • Prótese articular. Neste caso pode significar a cura da doença (naquela articulação), embora nem sempre seja possível realizá-la

Ponto, agora você já sabe um pouco mais sobre a artrite e como tratá-la!

Doenças que podem causar impotência sexual

Falhar logo na hora H não é uma situação fácil para um homem, mas pode acontecer, afinal, ninguém é de ferro. No entanto, quando esse problema passa a se tornar algo constante, é preciso procurar ajuda médica.

Em determinados casos, a impotência pode ser transitória, causada por um fato isolado, como um momento de estresse. No entanto, essa condição não é brincadeira não e é preciso estar atento sempre.

Muita gente nem imagina, mas a verdade é que a impotência pode estar relacionada com uma variedade de doenças graves, incluindo os problemas cardiovasculares.

Segundo especialistas, as duas grandes principais causas para a impotência sexual masculina são orgânicas ou psicogênicas.

No caso das orgânicas, a condição pode se originar por causa de problemas vasculares, endócrinos e neurológicos.

Isso porque essas doenças podem deixar as artérias mais endurecidas e espessas, o que afeta o fluxo de sangue. A consequência ocorre no âmbito sexual, visto que o fluxo de sangue é algo fundamental para uma ereção.

Mais do que isso, hipertensão, obesidade, tabagismo e o sedentarismo também podem oferecer uma influência negativa para a questão sexual.

Nessas situações, o tratamento indicado deve ser feito de forma multidisciplinar, ajustando os hábitos de vida e controlando as doenças que levaram ao problema e fazendo o uso de um estimulante natural, sendo  mais recomendado deles o tittanus que é 100% natural, sem efeitos colaterais e ajuda a manter uma ereção firme.

Em contraponto a isso, vale lembrar, que a impotência sexual também pode ser causada por um problema de ordem psicológica, que em grande parte das vezes é algo casual.

Nessas situações o problema pode acontecer também com jovens de qualquer idade, diferentemente das causas orgânicas, que costumam aparecer principalmente depois dos 40 anos de idade.

A depressão, estresse, angústia e ansiedade podem ser fatores que levam à impotência sexual.

Principais causas orgânicas da impotência sexual

De uma forma geral, podemos afirmar que as doenças que prejudicam as funções cardíacas e circulatórias do organismo podem ser causadoras de impotência sexual.

No entanto, a verdade é que o problema pode ser também de ordem neurológica ou endócrina.

Dentre os agravantes ao problema, podemos citar a obesidade, sedentarismo, hipertensão e também o tabagismo.

Vale ressaltar ainda que esse tipo de problema costuma acontecer mais comumente depois dos 40 anos de idade nos homens.

O tratamento deve ser sempre multidisciplinar, contando com urologista, endocrinologista, cardiologista e o que mais for preciso.

Para ajudar a evitar essa condição, a dica é procurar manter hábitos de vida saudáveis, evite fumar, tenha uma boa alimentação e controle o peso.

Sal Rosa do Himalaia é Bom?

O sal rosa do Himalaia vem ganhando muita popularidade nos últimos anos. Isso por causa de suas muitas propriedades que são essenciais para o organismo.

Assim, ele se torna uma opção de sal muito mais saudável para o corpo do que o sal de cozinha tradicional.

Sal rosa

Esse mineral é uma rica fonte de cálcio, magnésio, iodo, fósforo e potássio, apresentando ainda uma quantidade reduzida de sódio, o que é ideal para evitar quadros de hipertensão.

Mais do que isso, estudos mostram que o sal rosa tem propriedades que ajudam na prevenção do envelhecimento, ajuda na regulação dos hormônios da tireoide e também nos níveis de água no organismo.

Origem do sal rosa

O sal rosa é extraído das Cordilheiras do Himalaia, que é uma cadeia montanhosa enorme que ocupa os países asiáticos como Butão, China, Índia, Nepal e Paquistão.

Essa região, há milhares de anos atrás, era coberta pelo mar que tinha uma concentração alta de minerais.

Com o passar dos anos, uma grande parte dessa água evaporou e essas substâncias e minerais foram se cristalizando sob a ação do sol.

O resultado é esse sal de coloração rosada e com alta concentração de minerais.

Para que serve o sal rosa

O fato é que ainda não existem muitos estudos a respeito das propriedades e benefícios do sal rosa para o organismo, embora estudos iniciais já demonstrem que ele tem muitos benefícios.

Para começar, o que se sabe é que ele é oferece cálcio, o que é essencial para os dentes e para os ossos. Já o seu magnésio é importante para a regulação dos níveis de açúcar no sangue, visto que ele atua no transporte do mesmo. Além disso, o magnésio ainda é excelente para a saúde do coração.

O sal rosa ainda é fonte de ferro, essencial para que as células realizem o transporte de oxigênio no organismo, contribuindo para a prevenção da anemia.

O fósforo desse mineral, por sua vez, contribui para a formação dos ossos e o potássio ajuda a regular os níveis de água no organismo, ajudando a evitar câimbras.

O sódio presente no sal rosa, quando consumido nas quantidades adequadas ajuda a diminuir o cansaço e contribui para a saúde do coração.

Mais do que isso, pelo fato de ter um reduzido teor de cálcio, o que faz dele uma excelente alternativa para os hipertensos.

Justamente por isso é que ele oferece uma grande quantidade de benefícios para o organismo, tal como melhora da saúde vascular, equilíbrio do pH celular, combate o envelhecimento precoce e ainda aumenta a resistência dos ossos.

Sal rosa é melhor que o sal normal?

Embora os estudos ainda sejam iniciais, já demostram que sim, o sal rosa é mais benéfico para o organismo do que o sal de cozinha normal.

Isso porque o sal que usamos habitualmente nas nossas cozinhas passa por um longo processo de refino. Isso faz com que ele perca uma série de minerais que são muito importantes e benéficos.

No entanto, o que o processo de refinamento não tira é somente o cloreto de sódio.

Mais do que isso, o processo de branqueamento do sal, usa uma série de produtos químicos, fazendo com que ele não seja assim tão puro.

O sal rosa do Himalaia, por sua vez, não passa por processos de refinamento, além de ser extraído de forma manual de uma região do mundo que ainda é bem pouco explorada. Justamente por isso mantem seus nutrientes e é livre de muitos poluentes nocivos.

O sal rosa tem iodo?

Tal como o sal branco, o sal rosa também possui uma quantidade de iodo, que é uma substância que contribui para a eliminação de toxinas do organismo, ajuda a regular os hormônios da tireoide e evita problemas de saúde.

Mais do que isso, essa substância ainda é essencial para o crescimento, bem como para o bom funcionamento de alguns órgãos, como rins e coração, e atua melhorando o metabolismo.

No entanto, embora seja benéfico e essencial para o nosso organismo, o excesso de iodo pode causar prejuízos para a saúde.

Por isso a OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda o consumo de até 150 microgramas dessa substância diariamente, considerando pessoas adultas.

Já o consumo de uma quantidade mais elevada pode ocasionar problemas de tireoide e outros, ao invés de contribuir para a sua regulação.

Dessa forma, é sempre importante ter cuidado no consumo de sal, seja ele qual for.

Sal rosa faz mal?

Embora o sódio do sal rosa do Himalaia seja em menor quantidade do que o sal de cozinha, ele contém sódio, que é uma substância que não deve ser consumida em excesso sob o risco de problemas para o coração, hipertensão e sobrecarga renal.

Por isso, o ideal é sempre consultar um nutricionista para conhecer a quantidade adequada que deve ser consumida e desse produto.